IRMÃ PROVOCOU IRMÃO E LEVOU PAU(FICÇÃO)



Este conto vamos classificar como ficção, mas aconteceu com amigos(parentes) nossos. Os nomes estão devidamente mudados.
A NARRAÇÃO DA HISTÓRIA SERÁ FEITA POR "SILVIA":
Eu sou a Silvia, e moro em uma cidade média do interior, e como sempre acontece em cidades do interior.a gente conhece o sexo mais cedo.
Minha primeira experiência(só brincadeiras)foi c/ um vizinho.Eu era uma pré adolescente, e qdo ele me roubou um beijo, me deu nojo, mas depois passei a gostar, até o dia q tirou o pau p/ fora e acho q ia tentar me comer, pois levantou minha saia do uniforme da escola e colocou em minhas coxas.era quente duro e assustador, sai correndo e não quis mais nada c/ ele.
Nesse meio tempo os anos passaram e eu já era uma moça, mas continuava c/ coisas q ñ tinha contado, como, ver meu irmão tomar banho, escutar meus pais transando. Aquilo me excitava, mas me guardava.
Um dia fui passar um fim de semana na casa de uma irmã casada há 2 anos. Qdo estava no banho, percebi q meu cunhado me espiava por uma fresta da porta, terminei o banho e fui dormir. No meio da noite alguém entrou em meu quarto, eu, de medo, fingia dormir, e pela pouca luz q entrava e pelo espelho ví q era meu cunhado, ele estava só de calção, baixou o lençol e expôs minhas coxas, a calcinha q usava e a camiseta aberta na frente. Ele desabotoou minha camiseta, expôs meus peitos, e eu fingindo dormir...acariciou meus peitos e chegou a dar uma beijo discreto em cada um deles, arrisquei em abrir um dos olhos e vi q ele estava de pau p/ fora, e senti qdo aquela vara encostou em minha boca, ele forçou p/ ver se eu abria a boca e enfiava aquilo em minha boca. Em seguida, suas mãos afastaram minha calcinha, e ele tocou em minha boceta c/ os dedos depois c/ o pau, ele deve ter percebido q eu fingia dormir(estava c/ medo) mas deve ter interpretado como sinal verde, e me colocou em posição, lambeu minha boceta, até q eu desse um gemido, bastou isso p/ ele arrancar minha calcinha, minha camiseta, seu calção e deitar sobre mim falando:
-Quietinha! Não faz barulho, você vai sentir como é bom!
A cabeça do pau entrou em mim e já encostava em meu cabaço, eu não sabia se gritava ou deixava, mas minha irmã acordou e chegou bem nessa hora, e ao invés de brigar c/ o marido q invadiu meu quarto e estava p/ me estuprar, foi a mim q ela chamou de vagabunda, piranha, destruidora de lares, etc. Eu retruquei, mas a cornuda da minha irmã só tinha olhos p/ o sem vergonha do marido. Naquela mesma noite sai sozinha e andei até em casa, contei p/ minha mãe, q ficou em dúvida, mas meu irmão Carlos acreditou, e no dia seguinte quebrou a cara do cunhado. Meu irmão foi o meu herói!
Passado o trauma, namorei outros moços, mas não dava p/ ninguém, até conhecer o Orlando, q era amigo de meu irmão e tinha uma irmã de minha idade q era minha amiga.
Depois de um mês Orlando acabou me convencendo a ir a um motel e transarmos, e foi naquele dia q Orlando me fodeu e tirou meu cabaço, começamos a transar toda semana, depois de uns meses fizemos anal... Só q eu ñ sabia q ele contava tudo q fazia comigo com a irmã, amigos e meu irmão soube, e agiu de uma forma que adorei, ele seduziu Nádia a irmã de Orlando e fez o mesmo q João fez comigo, inclusive contou p/ o próprio Orlando falando:
-Caracas Orlando! Você vive falando a todos que come minha irmã, e que ela é gostosa, nÉ?
Orlando tentou disfarçar, ficou vermelho, Carlos continuou:
-Eu não sei se a minha irmã é gostosa, eu nunca comi ela, mas a sua deve ser bem melhor! E vc sabe disso, né? Mas pergunta para ela como ela chorou de dor quando estourei o cabaço da boceta dele e gritou muito qdo arrombei seu cuzinho! Mas agora ela adora! Eu como ela todos os dias e pelo q ela disse seu pau nem conseguiu foder ela! Ela é bem putinha, a minha putinha, eu faço de tudo com ela! Que tal seus amigos saberem disso?
Orlando nem resposta deu, sumiu, e qdo me via se escondia, era motivo de gozação dos amigos, pois meu irmão agora tinha comido a mãe dele(uma coroa sexy e enxuta) e outra irmã dele.
Os caras agora tinham até medo de chegar em mim, e eu estava sem relações há meses, mas continuava tomando pílula, e meu tesão, vontade de dar aumentavam.
Comecei q frequentar o quarto de meu irmão, ficava conversando, muitas vezes eu só de blusinha de alça decotada, e mini short cavado, outras vezes micro saia, ou de tanguinha ou sem calcinha mesmo! Claro q ele cansou de ver meus mamilos e minha xoxota, até chegou a comentar:
-Se vc não fosse minha irmã, não ia ficar aí dando sopa!Está com um corpo lindo!
-Você não acha q eu devia aumentar os seios?( e de olho no pau dele, duro por baixo da bermuda)
-Não! estão ótimos! Firmes e naturais! Você está muito gostosa!
-Você me acha gostosa?(falei me insinuando e levantando meus seios por baixo da blusa)
-Acho sim! Muito gostosa! Um tesão de gata! Agora vai p/ seu quarto q preciso acordar cedo!
Eu sai e voltei p/ ouvir pela porta, e o q ouvi, ele pronunciava meu nome enquanto batia uma punheta, escutei qdo ele gozou falando baixo:
-Ah! maninha gostosa, bocetinha gostosa, meu tesão...
Aquilo me alegrou e passei a ir ao quarto dele até qdo não estava lá, deixava uma calcinha em cima da cama, já imaginava q fazia c/ elas antes de colocar p/ lavar...
Num dia, meu irmão Carlos, levou a irmã de Orlando mais nova para casa e eu estava nos fundos e qdo os vi entrando, corri p/ o quarto dele, eles vieram , eu me escondi no armário q tem um respirador c/ treliça e fiquei aguardando.
Ele e a Tânia não eram namorados, era a Nádia q ele namorava e fodia, mas os 2 estavam a toda foram logo se beijando, se apalpando, carícias, e logo estavam os 2 num 69, e depois disso eles logo se puseram a tentar sexo vaginal(tinham de andar rápido antes q eu ou outra pessoa chegasse), mas ela era virgem, percebi pela conversa, o lubrificante, ele colocou camisinha, p/ñ engravidar e começaram:
-Taninha!Abre bem as pernas e relaxe, eu vou aos poucos!
-Cuidado Carlos! Vai devagar! Seu pau é enorme!
-Vou devagar, relaxa amor, assim...isso...
-Aiii! Doeu, mas continue! Me faz mulher como fez c/ a minha irmã! Vem amor...eu quero perder o cabaço c/ vc!
De repente, ela gemeu deu um grito, seu cabaço já era! E o meu Carlos começava a penetrar outra moça q virou mulher, eu senti ciúmes e inveja dela. Logo Carlos metia nela com mais rapidez, enquanto a nova pitinha dele falava:
-Vai amor, vai! Que gostoso! Dói mas está bom! me come amor, fode sua cadelinha, fode!
-Aprendeu rápido Tânia! Você leva jeito p/ a coisa! Sua boceta apertadinha está uma delícia!
E foi assim por quase meia hora, eu vendo tudo, ela tinha o corpo q parecia de uma garotinha nova, apesar de ser maior, eu via o pau de meu irmão foder aquela felizarda, e me masturbava, tive orgasmos só me masturbando.
Finalmente gozaram!(ufa!) se limparam , olharam o relógio, se vestiram e sairam, e eu sai do armário, qdo vi a camisinha usada pelo meu irmão, peguei a porra dele, experimentei na boca, passei em minha xoxota, realmente eu estava a perigo, precisava levar um pau, e ver meu irmão tirar o cabaço da Tânia, me deixou louca de tesão, eu daria até p/ meu pai se ele estivesse lá e a fim de mim! Aquilo mexeu muito comigo e então...
Ficava deitada na cama de meu irmão, sempre em roupas sumárias, até ele chegar, conversar bastante, ele me contou q comeu a Tânia e q o Orlando ficou sabendo, e que tinha saido c/ a nova namorada do Orlando só para ele ser corno, e mais, lembram daquele cunhado? Meu Carlos comeu a irmã dele, achei ótimo, mas e eu?
Sempre era a mesma coisa, eu tomava banho de prota aberta e meu irmão também, só p/ um espiar o outro.
Um dia cheguei no quarto dele p/ o esperar, mas ele estava lá, deitado, dormindo só de sunga e de bruços, eu estav de mini blusa e micro saia, só!...
Eu não aguentei, subi sobre suas costas, esfregando minha xoxota em sua bunda, suas costas, e ele já acordado ´percebendo ao ponto q cheguei, fingiu dormir enqaunto minha xana pegava fogo, em dado momento ele se virou de frente, levantou minha blusa e chupou meus seios deliciosamente, enquanto eu esfregava minha boceta sobre seu caralhão duro e grande; eu não aguentei sai um pouco de cima dele arranquei sua sunga o q fez surgir aquele pauzão duro q eu tanto queria, peguei nele, punhetei um pouco e comecei a xupar, a cabeça, o corpo e logo estava todo em minha boca enquanto seus dedos, acariciavam, entravam e mexiam em minha boceta, ele disse:
-Silvia! maninha! Você tanto me provocou que agora não vou abrir mão de comer vc! Vamos meter irmãzinha safadinha!
Eu estava molhadinha total, ele saiu debaixo de mim, e ficando de lado, meteu aquela pica em mim:
-Aiiii amor...devagar! Eu estou praticamente virgem de novo... devagarzinho meu querido...., mete....
-Minha irmã safada! Não via a hora de te foder! Via seus peitos, sua xota e nãoqueria tomar a iniciativa, eu sabia q estava a fim de transar, mas agora vai levar fundo minha gostosura
E falando assim começou a socar o pau em mim mais forte, e mais rápido, nessa hora tive um orgasmo, e ele continuou e dizia:
-Toma isso sua safadinha! Minha adorável safadinha, eu te amo! Quero te foder bem forte! Vai minha putinha , está bo?
-ah amor, me fode! Sou sua putinha mesmo! Sou sua amante! Sou sua vadia! me fode, me fode bem forte, está batendo no fundo de meu útero,,,que gostoso.... mete mais , mais...
Ele me mudou de posição, começou a me foder de ladinho, por cima, de 4 e agora estava me levantando pelas pernas e enfiando com tudo, eu já tinha tido uns 4 orgasmos, e percebi q ele estava chegando ao gozo em pouco tempo, aí falei:
-Vai Carlos, Fode até o fundo e solta seu esperma bem dentro de mim! Mais rápido! Vai,,,mete...ah...ahh...ai que delícia de gozada! Estou sentindo sua porra me enchendo....
Seu pau latejava e soltava mais jatos de porra dentro de mim, e eu estava muito satisfeita , até q enfim aquele pau entrou em mim, deveria ter feito sexo c/ ela há mais tempo, até ele é q deveria ter me tirado o cabaço....
Ele tirou o pau de mim e de minha boceta escorria a porra dele, ai nós tivemos o nosso 1º beijo na boca, o 2º, o 3º e muitos mais.
Eu estava quase dormindo qdo ele começou a acaricias minha boceta, meu cu, e qdo passou o lubrificante no meu cu, sabia q ele ia tentar um anal, mas só tinha feito anal c/ o Orlando e seu pau era bem mais fino e cabeça pequena, agora o de meu irmão, era cabeçudo e grande, será q eu aguentaria?
Ele p/ me acalmar disse:
-Silvia! eu vou bem devagar; já te lubrifiquei, coloquei un dedo, dois, três e vc está bem relaxada, agora só falta eu foder seu cu, e relaxe, vc pediu, me provocou, agora aguenta!
E começou a penetrar, doia ai eu relaxava , fazia movimentos internos, e ia p/ frente e para trás, aquilo doia, mas eu sei q não ia adiantar eu querer parar, tinha de ir até o fim, ele não ia desistir de possuir meu rabinho.
-Está quase todo lá dentro Silvia, agora vou bombar!
-Bomba!Mete!....vai
-Esse cuzinho agora é meu maninha! vai levar até não aguentar mais!
E começou devagar, foi aumentando os movimentos, até eu quase desmaiar de dor e de prazer, e continuei a dar o cu p/ meu irmão por uma hora, até, a meu pedido, ele gozar dentro,
Tirou o pau de mim e nos beijamos de novo.
Já era tarde e eu estava com sono e decidi dormir com ele, estava dormindo e lá pela madrugada acordei c/ tesão, era meu irmão me "ouriçando" e qdo dei por mim, estava levando pau no cu outra vez.
Pela manhã bem cedo voltei p/ meu quarto p/ tomar banho.
E durante uns anos quase todo dia fazia sexo c/ meu irmão, até qdo comecei um namoro sério, depois noivado e depois casada, continuo a dar p/ ele q também está casado...
Foto 1 do Conto erotico: IRMÃ PROVOCOU IRMÃO E LEVOU PAU(FICÇÃO)

Foto 2 do Conto erotico: IRMÃ PROVOCOU IRMÃO E LEVOU PAU(FICÇÃO)

Foto 3 do Conto erotico: IRMÃ PROVOCOU IRMÃO E LEVOU PAU(FICÇÃO)

Foto 4 do Conto erotico: IRMÃ PROVOCOU IRMÃO E LEVOU PAU(FICÇÃO)

Foto 5 do Conto erotico: IRMÃ PROVOCOU IRMÃO E LEVOU PAU(FICÇÃO)


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario skarlate

skarlate Comentou em 29/10/2015

excelente

foto perfil usuario regisuk

regisuk Comentou em 25/08/2014

Drlicioso o conto amei ....e fiquei tarado

foto perfil usuario æsirgungnirzböð

æsirgungnirzböð Comentou em 03/08/2014

DESCULPE-ME A INTROMISSÃO FLÁVIA: Lendo suas outras histórias, eu tenho dúvida que esta é uma ficção. Deve ser um fato verídico! Se for verdadeiro é só publicar meu comentário...Grato e Parabéns

foto perfil usuario cota português

cota português Comentou em 16/09/2013

Os vossos contos são super excitantes.

foto perfil usuario menina mulher 6

menina mulher 6 Comentou em 16/09/2013

show seu conto...adoro contos de sexo entre irmaos

foto perfil usuario cristine ksada

cristine ksada Comentou em 15/09/2013

Votado! Gostei do "conto", e as belas fotos tem tudo a ver com a história! PARABÉNS

foto perfil usuario beni casada

beni casada Comentou em 15/09/2013

Continue a história...amei essa

foto perfil usuario fernanda e ronn

fernanda e ronn Comentou em 15/09/2013

ADOREI E VOTEI! mas.....FICÇÃO? ESTE CONTO É FICÇÃO? Ah, tá! Conheço uma história bem parecida, só que da vida real...., será q se baseou na mesma? Adoro incesto! É o proibido p/ nos trazer prazer em dobro! Beijocas Flavinha! Toma jeito menina, o Sérgio é muito tolerante,,,




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


34418 - Meu 1º exibicionismo - Categoria: Exibicionismo - Votos: 291
34428 - Meu 1º exibicionismo parte 2 / e 1ª relação sexual - Categoria: Exibicionismo - Votos: 283
34562 - EXIBICIONISMO>SEXO>SACANAGEM>TROCA - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 302
34687 - Próxima Etapa- MaisExibicionismo TraiçãoConsentida - Categoria: Traição/Corno - Votos: 293
36556 - SEGREDO! CASAL AMIGOS DE SERGIO ERAM GP E CAFETÃO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 276

Ficha do conto

Foto Perfil sergio e flavia
flaviaesergio

Nome do conto:
IRMÃ PROVOCOU IRMÃO E LEVOU PAU(FICÇÃO)

Codigo do conto:
35387

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
14/09/2013

Quant.de Votos:
282

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


meu patrão agiota dono da empresa que eu trabalho ele tirou meu cabaço da minha buceta em cima da sua mesa conto eróticomulhertrai marido com o pedreiro.conto historicoporno contos eroticos filho pauzudo arroba maecontos verídico de depiladora evangélicaconto erotico irmaConto gay novinho e os maloqueiros do bairronão queria ser corno mas fiquei de pau duroLoira fogosa contos eroticosnifetinha do interior na orgia com os peoes da fazendasexo a três conto safadotirando cabaçinhocontos eróticos estuprada pelo zelador brexei meu tio cumendo minha tiaContos eróticos de incesto ai mamae que chupetinha mais gostosa é essacontocontoeroticoskaçador35conto de sexo meu padrinhoconto erotico provoquei o marido da minha primacontos eroticos o vovo mi comeu a chantagensconto erotico ninag magazine matheus mazzafera fotosconto erotico minha esposa rabuda e meu primocontos homem bissexualcontos eroticos virei meninacache:melhor amigo conto eróticoperdi as preguinhas do cu quando era pequenaporn vidio belinha com calsinha ao lado da vajinaContos eroticos masturbando com as calcinhas da mamaecomi minha filha virgem contosgotosas gemedo gritando de tesaocutravesti enganou contocontos bebi tamto que nao sei quem me arromboconto erotico esposa realiza o sonho do cornodesliguei a fazer quando um homem vídeo de neguinha fazendo sexo com homem neguinha fazendo sexo com homemcomto herotico titio me coContos eroticos de roludos fudendo ascunhadas e sograsreencontrando o tesao de novo conto incestosexo contos eroticos minha esposa me traiucontos eroticos na praia meu sogro me comeucontos eroticos de lesbicas-comi minha professora de filosofiaVonto erotico limpando a bucetaconto estuprado por varias travesticontos de incestos de conchinha com a sogracontos dormiu dê pau duro e ganhou um boqueteai como foi gostoso ser puta daquele traveco pirocudo na frente do corninhoconto erotico com foto de maechupando netacontos de corno de belemConto erótico engravidei d meu genrofilhaputacontocontos de incesto iniciandono conto erotico melho tramsa d minha vida foi com minha mae e minha tiaContos casadas obrigadas a fuder para arangarem empregodando a mulher pra negoes contosConto eurotico. Sedutoras e marentascontos de meninasapeca por sexocontos eróticos- minha maninha na roda com amigosmeu tio me fodeucontos eroticos em quadrinho professora doloresconto erotico mulher dando buceta pedreiroconto marido deixou mulher sai com primohentai meu filho me fode no quartufoto meu marido pauzodoConto erotico amiga da minha esposa juntasconto erotico gay bundodome assustei com o tamanho do pau do meu primo pornoMeu tio e carreteiro sou menina viagei cm ele n hr de dormi um delcia senti seu penis em mincontos eroticos faladoConto eroticos com anã safadinhaGay com chiclete e esperma na bocaContos eroticos de casada puta dos vizinho roludoo corno duplacontos de rasguei o cuzinho da minha avóporn maconheirocontos erotico com vizinho velhinhocontos eróticos menininha brincando com bucetinhacontos eroticos mãe faz filho viadoConto erotico Deflorandocontos eroticos a vizinha gauchameu pai abusou de mim-contos heroticoscomto erotico encestro irma novinhacontos eroticos a patroa passou mau e eu passei a vara nelacontos eróticos na crecheconto erotico realizei o sonho com doisContos eróticos gay comeram meu cu quando guriminha esposa e o meu primo pauzudo contos eróticos e fotosvideo de porno irma deixa a porta a berta so pra da pro irmao a noite figinda qui ta dormindocontos eroticos de velhos pauzudo com mulhrrescoroa gaucha no dwollandentiadacontoeroticocontos eroticos gaycontos levando encocaxada inocentecontos eroticos papai se mastubando na piscinacontos eroticos cabaço mato irmaoContos eroticos enrabada na favelasubmiss viado contogay peludo pauzudo 27cm[email protected]nifeta safada contos eroticos hentay 2017 papai comendo a bucetinha da filinha